15/07/2009

cocaine...around my brain



é mas é cara. Mas está tudo parvo, não era preciso ser vidente para ver isto ao longe. Para melhorar mesmo e não ter que recorrer aos químicos, é não ver noticiários, na TV ter atenção para bloquear certos programas ditos informativos, não ler jornais e então talvez se possa achar que viver até é fixe e uma aventura porreira.

Não fazendo isto, experimente umas lentes cor-de-rosa ou então lá está farmácia.

11 comentários:

meh disse...

é tudo uma questão de fazer as contas certas.

uélélé! :)

meh disse...

é tudo uma questão de fazer as contas certas.

uélélé! :)

meh disse...

TANTO ENTUSIASMO E ENCRAVEI, para compensar a falta de visitas...

vício disse...

ouvi dizer que sexo também ajuda a relaxar...

loirices disse...

meh. bem aparecida, já me perguntava onde andarias...ás vezes são mesmo as contas que tomam conta de nozes!



vício, ouviste? ainda não tentaste?

me. disse...

Isso é do interesse do cliente... Verdade!?!?!

Afinal o cliente tem sempre razão!
Lembram-se de cada uma, o que não estará por detrás de todas essas vendas... senão for a música do Cocaine é o Money money money, must be funny in the rich mens world!

Mais vale suspirar ;)

loirices disse...

podes crer me. isto não é para levar a sério, nós é que nos esquecemos e levamos :-)

miguelpontocom disse...

" Tem de estar preparado, saber quando receitar anti-depressivos ou não. Temos de apostar na formação dos clínicos gerais em saúde mental", afirma a responsável pela aplicação do Plano Nacional de Saúde."

Não passa receitas mão há férias e congressos á borla.

loirices disse...

e quem é que está habilitado para dar esta formação...e quem nos trata a saúde mental? tem a própria tratada? miguel. é a pura da confusão!

meh disse...

ferias e coiso, agora a bulir, em doses largas :)

loirices disse...

meh pois, alguém tem que fazer isto andar :-)