07/01/2009

food for the soul


naqueles dias, em que as ideias tomam conta, um projecto está a nascer ou a tomar forma, ficamos num frenesim, eu pelo menos fico, entro no carro e quando chego ao destino fico espantada por não ter percebido como já lá estava. Vou ao supermercado, não trago o mais importante, ou esqueço no carrinho a coisa mais cara. Enfim as ideias consomem-me e alimentam-me, mais nada importa, até que ela se torne realidade ou se torne noutra que não a inicial. O que não quero mesmo é viver sem ideias, sem sonhos e esperança.

5 comentários:

vício disse...

com uma cena, como essa da foto, de certeza que a realidade do teu dia ia tornar-se noutra!

francis disse...

então tens que te organizar, ou isso torna-se um inferno em vez de um prazer.

loirices disse...

Vicio, no dia de hj uma gripe pela certa.


Francis, não ir ao supermercados nestes dias :-)

Marcos Valerio disse...

Seria muito agradavel ver alguém tão formosa indo ao super mercado desta forma, mas com o clima por aqui de muitas chuvas na certa seria uma pneumonia, rs, mas que é bonito é! Quanto a seus devaneios me perdoe mas.... Vá a uma praia ou uma balada como se diz por aqui para as diversões noturnas e ame muiiiiiiito!

loirices disse...

LOL, Marcos gostei das sugestões...ainda está longe o verão, por isso aqueço com ideias :-)